Fatec On Board

Cotia,

Ao ingressar na faculdade, qual é o aluno que pensa: "é aqui que vou aprender a velejar?!" A menos que esteja matriculando-se em um curso da marinha, o estudante não imagina que sua formação possa levá-lo a tal caminho.

Contrariando o senso comum, a Fatec Cotia - localizada em uma cidade não litorânea - propôs a seus alunos justamente esta experiência: aprender a velejar em mar aberto, levando os alunos a desfrutar de uma sensação/experiência que transcende a sala de aula e que renova a percepção do aluno sobre a faculdade.

A descrição acima resume o novo projeto da Fatec Cotia: o Fatec On Board.

O evento ocorreu no final de semana dos dias 15 e 16 de agosto e sua organização foi de responsabilidade dos estudantes da instituição, sob a orientação e supervisão do professor Guilherme Gomes e do coordenador de curso, Alexandre Simon. Os alunos tiveram que se preocupar com o transporte, com a hospedagem, com a programação esportiva e cultural do evento, e também com a comunicação com a prefeitura de Ilhabela e com as autoridades da Marinha do Brasil. Sua realização foi requisito para a aprovação na disciplina de Atividades Acadêmico-Científico-Culturais, do curso superior de tecnologia em Gestão Empresarial.

Para incrementar o desafio de organizar uma regata, os alunos tiveram que conseguir que estudantes de outras instituições também participassem do evento.

Os 40 alunos participantes, das faculdades Fatec Cotia, Mario Schenberg e Rio Branco, chegaram em Ilhabela por volta das 4h da manhã do sábado (15), e às 8h já estavam de pé para uma aula teórica de vela, com o instrutor José Spinelli Neto, da escola Cusco Baldoso, onde se depararam pela primeira vez com explicações sobre todos os vetores de força que atuam sobre um veleiro.

Após a aula teórica, os participantes foram divididos em 6 equipes e procederam para o embarque dos veleiros: BL3 e Urca (Wind 34), Helios (Delta 32), Fandango (Schaeffer 30), Soneca (Samoa 33) e Ydypy (Fast 310).

Cada uma das equipes contou com um experiente instrutor, sendo eles: Ricardo e Clauberto (BL3); José Spinelli (Cusco Baldoso); Guilherme Gomes; Marcos Gama Lobo e Luis Pimenta... Já alocados em seus barcos, os estudantes aplicaram na prática os conceitos obtidos na aula teórica. Noções de direção do vento, abertura das velas e condução da embarcação foram passadas aos alunos. Nesta fase do passeio o objetivo era familiarizar os estudantes com o universo da vela, fazer com que tivessem boas noções sobre como comandar uma embarcação.

"Imaginamos que esse tipo de experiência deveria ser vivido por todos durante o período acadêmico. Os participantes do projeto puderam perceber que a cada vez em que se deixa um porto seguro com o barco, existem riscos envolvidos, deve-se ter uma preocupação especial com a previsão do tempo e com a segurança a bordo. Dez anos de experiência no mercado de trabalho não me proporcionaram tantas oportunidades de vivenciar conceitos como liderança, trabalho em equipe e gestão de conflitos de forma tão intensa, esperamos que os participantes do projeto tenham tido a oportunidade de vivenciar isto também.", disse Guilherme Gomes, professor do curso de Gestão Empresarial e membro da organização do projeto.

Após absorverem as noções básicas, os estudantes participaram de duas regatas. Uma no modelo barla-sota, de curta duração; e outra de percurso entre a Ponta das Canas e Saco da Capella. O veleiro BL3 foi o campeão de ambas as regatas, seguido pelos veleiros Urca e Fandango.

"Sobre o evento, posso afirmar com propriedade que tive uma experiência fantástica e única, a qual não havia vivenciado anteriormente. Aprender a teoria sobre o funcionamento de um barco a vela, assim como a prática, me trouxe conhecimentos que provavelmente não teria a oportunidade de adquirir em outro lugar. As regatas foram emocionantes. Colocamos em prática o trabalho em equipe, deixando diferenças de lado para alcançar um resultado maior. Foi um evento de novas amizades, experiências e aprendizados.", Luke Pacces, equipe Urca.

Ao final do dia houve uma confraternização no Hostel Saco da Capella, base em terra do evento.

 

Fotos do evento:

Aula Teórica:

 

Equipe:

 

Embarque:

 

Parte da Equipe já no barco:

 

Fotos das regatas:

 

 

 

 

Premiação:

 

Confira a fanpage do evento: https://www.facebook.com/fateconboard